cartoon_ie6

Porque o IE6 tem que morrer

cartoon_ie6Coisas legais que poderemos fazer assim que o IE6 morrer:

  • Usar child selectors

    Chega de definir regras infinitas para cancelar outras regras. Com CSS2 poderemos especificar regras de CSS válidas apenas aos child selectors, e não a todos os descendentes em geral.

  • Usar PNGs de 24 bits

    Chega de recortar várias imagens diferentes por causa da cor de fundo, pra que os cantos da imagem tenham um anti-alias decente. Com suporte ao PNG alpha-channel podemos usar imagens com sombras, brilhos e outros efeitos de opacidade, com a certeza de que funcionará em todos os browsers.

  • Usar seletores de atributo

    Chega de definir classes para inputs – como <input class=”text” /> – quando podemos diferenciar com seletores de atributo no CSS2, como input[type="text"]. Podemos até usar seletores de atributos com substring-matching, que pode ser muito útil definindo seletores que se aplicam a vários atributos diferentes, diminuindo significantemente a quantidade de código que leva para direcionar grupos de elemendos com nomes de classe diferentes (por exemplo).

  • Usar mais opções da propriedade display

    Usar propriedades como display:inline-block em vez de float:left significa que não é mais necessário infindáveis floats dentro de floats; ou o uso (duvidoso) de overflow:hidden, só para que os blocos se encaixem. (Mesmo que a gente tenha esperado pelo Firefox 3 para usar isso também).

  • Usar min-width e max-width

    Embora a implementação de width do IE6 seja bem parecida com a implementação de min-width, não é a mesma coisa, e não resolve todos os casos; além de não fazer nada parecido como o max-width. Com o fim do IE6 vem o renascimento do block-layout design, com a flexibilidade que os designers vem pedindo há anos.

  • Jogar fora 90% dos hacks de CSS (e 90% das razões de usá-los!)

    Não vamos precisar nos preocupar com caraceres repetidos bizarramente, blocos que somem misteriosamente, ou as malditas margens com o dobro do que foi declarado; com o fim do IE6 vem o fim da necessidade de achar e corrigir uma grande quantidade de erros na hora de render uma página.

  • Usar abbreviações que todos podem ver

    Embora pessoalmente use o elemento <abbr> e nunca <acronym>, ainda é ruim lembrar que os usuários de IE6 não verão a expansão, e irrita mais ainda o fato de precisar de um script pra isso (e nem sempre poder usá-lo).

  • Poder confiar no z-index de novo

    Chega de quebrar a cabeça enquanto tentamos descobrir por que a layer X está na frente da layer Y quando devia estar por baixo, imaginando o que fizemos de errado, quando vemos que – doh – não fizemos nada de errado, é um bug do IE6.

  • Economizar tempo e dinheiro

    Menos tempo criando hacks significa menos tempo de desenvolvimento e custo menor.

  • Nos divertir de novo!

    Escrever CSS vai ficar mais prazeroso do que nunca. Quer dizer, até que as nossas expectativas aumentem de novo e o IE7 vire nosso novo inimigo….

  • Mas ainda vamos ter que esperar por CSS Counters, box-sizing, e suporte decente a JavaScript (e muito mais…. como suporte a Canvas / SVG!).

    Quem sabe o plano de update automatico para IE8 vai resolver esse problema.

    Esse post é uma tradução desse post do Ajaxian, porque eu acho que todo mundo deve saber disso! :)

    Share/Bookmark

    7 thoughts on “Porque o IE6 tem que morrer”

    1. Onde eu assino?! :)

      Agora que os grandes sites entraram na brincadeira a história começa a mudar, sabemos que não será de um dia para o outro, mas pelo menos agora temos uma luz no fim do túnel, ou não.

    2. Dine, puta texto.. Já estou usando-o como referência e mostrando o argumento que os clientes e donos de agencias/produtoras entendem: dinheiro!

      []s!

    3. Para min, a morte ao IE6, é um artefato , utilizado para pessoas que não conseguem entender como o ie6 funciona. Sempre teremos esses tipos de problemas e se não hoje, amanhã surgirão outro browser que inevitavelmente irão deixar incompatibilidades.

      O ie6 da sustento de vida para nós Front End Enginner, oque torna o cargo bem mais considerado. Oque lhe torna um melhor profissional , uma empresa irá contratar o melhor, levando quesitos como estes em questão, quando a imprensa foca nesse cargo, ela procura alguem com experiencia, por isso, acredito que o ie6 seja essencial para qualquer que deseja aprimorar seus domínios como ccs/xhtml coder.

    4. já passou e muito da hora de pararmos de ficar se preocupando com esses erros que só ocorrem no IE(ca)6 , mas o problema é que ele ainda vai ficar por aí por mais um bom tempo, até muitos usuarios que nao precisam se preocupar com nada resolverem atualizar ou mudar seus sistemas ou pelo menos seus navegadores…….então por mais um bom tempo ainda vamos ver posts chingando esta horrível maldição que a microsoft espalhou pelo mundo……

      Acho mais fácil assassinar todos os usuarios do IE6 do que ficar remendando código……

    5. Onde eu assino?! :) Agora que os grandes sites entraram na brincadeira a história começa a mudar, sabemos que não será de um dia para o outro, mas pelo menos agora temos uma luz no fim do túnel, ou não.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>